Grupo Trino

Notícias « Voltar para a listagem

Inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência completa 30 anos

Neste ano, a lei que garante a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho completa 30 anos em vigência e no dia 11 de outubro, data que marca o Dia do Deficiente Físico, é importante ressaltar a relevância da legislação para a garantia de direitos e igualdade.

De acordo com a Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência, toda empresa com 100 empregados ou mais deve reservar vagas para o segmento. As instituições que descumprirem a legislação podem pagar uma multa de até R$ 228 mil.

Referência no mercado de logística e serviços terceirizados há 30 anos, a empresa pernambucana, Grupo Trino, conta com a política de inclusão e contratação de pessoas com deficiência e reconhece a importância de ampliar o número de vagas reservadas para essas pessoas.

“Consideramos que todas as pessoas são iguais nos seus direitos humanos e trabalhistas e também nos seus deveres. Todos têm o direito de produzir e serem remunerados por seu trabalho, isso traz a dignidade e o sentimento de autonomia”, declarou Raldilze Bezerra, coordenadora de RH do Grupo Trino.  

Para a coordenadora, o processo de inclusão não se limita no momento da contratação, ele precisa ser pensado no dia-a-dia da empresa, com ações e atitudes que garantam a incorporação e o bem-estar do funcionário.

“Um ambiente de trabalho digno se faz tanto na ótica física quanto na parte organizacional, por isso, estamos sempre desenvolvendo ações que visam  manter e melhorar   o ambiente de trabalho para todos. No âmbito dos nossos colaboradores e colaboradoras com deficiência temos o  cuidado de fazer as adequações necessárias para que a pessoa com deficiência se sinta produtiva em um ambiente fisicamente compatível e com clima receptivo e respeitoso”, destacou.

No Brasil, cerca de 45 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Em 2018, o mercado de trabalho formal contabilizava a presença de 456,7 mil pessoas com deficiência ou reabilitadas, segundo relatório do Ministério da Economia.

Fonte: Portal PE 24h

Notícias

Copyright 2021 © Todos os direitos reservados - www.grupotrino.com.br

Desenvolvido por midtech