Grupo Trino

Notícias « Voltar para a listagem

Vamos parabenizar aqueles e aquelas que ajudam na manutenção da nossa cultura

O Dia do Artesão, celebrado em 19 de março, foi escolhido por também ser o Dia de São José, pai de Jesus e descrito como “alguém que trabalhava com as mãos”. A profissão se destaca pelo cuidado e valorização da cultura. Feita de modo manual e por vezes solitário, toda peça de artesanato é única e não pode ser replicada fielmente. A permanência do ofício ao longo dos séculos pode ser explicada pela singularidade das obras e a valorização da cultura local.

A profissão de artesão é uma das mais antigas ainda em atividade no mundo, e representa 3% do PIB do país, faturando mais de R$50 bilhões por ano segundo dados do IBGE. Apesar disso, o artesanato só passou a ser considerado profissão no país em 2015, com a  Lei 13.180. A atividade foi definida como: “predominantemente manual, que pode contar com o auxílio de ferramentas e outros equipamentos, desde que visem assegurar qualidade, segurança e, quando couber, observância às normas oficiais aplicáveis ao produto.”

A data também lembra grandes artesãos que consagraram sua arte divulgando a cultura popular. Um desses artistas é o Mestre Vitalino, pernambucano que retratava a vida no campo e do sertanejo em cerâmica. Sua obra não ficou restrita ao país, mas é exibida em museus da França, Áustria e Itália.

Notícias

Copyright 2022 © Todos os direitos reservados - www.grupotrino.com.br

Desenvolvido por midtech