Grupo Trino

Notícias « Voltar para a listagem

Valorizando cada vez mais os Direitos Humanos

Adotada em 10 de dezembro de 1948 pela ONU, a Declaração Universal dos Direitos Humanos procura garantir os direitos básicos para uma vida digna. Uma das principais motivações para sua criação foi a necessidade de impedir que voltassem a ser praticados os horrores das duas grandes guerras mundiais, ocorridas entre as décadas de 1910 e 1940. Estima-se que os dois conflitos deixaram entre 55 milhões e 137 milhões de mortos, e a 2ª Guerra ficou especialmente marcada pela violência direcionada a grupos sociais específicos, como judeus, ciganos e homossexuais.

Diante desse cenário, representantes de países dos cinco continentes desenvolveram de forma conjunta a Declaração Universal dos Direitos Humanos, visando estabelecer ideais de não-agressão entre os povos, igualdade entre os seres humanos e garantia de acesso de todos a uma vida digna. Segundo o documento, todas as pessoas devem ter acesso à educação e condições de sustento, além de proteção contra perseguição, escravidão e tortura.

Como diz o próprio nome do documento, tais direitos devem ser universais, estendendo-se a todos, algo bem resumido pela declaração da Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO: “a paz será imperfeita e frágil, a menos que todos se beneficiem dela. Os direitos humanos são universais ou não são”. Aoje, muitas pessoas infelizmente ainda não têm acesso aos direitos básicos previstos na Declaração, e práticas como trabalho escravo ainda são duras realidades. Para que cada vez mais indivíduos tenham acesso a seus direitos humanos básicos, cabe a nós, enquanto população, e também aos governantes, a valorização dos princípios que o documento representa.

Notícias

Copyright 2022 © Todos os direitos reservados - www.grupotrino.com.br

Desenvolvido por midtech