Grupo Trino

Área Restrita »

Notícias « Voltar para a listagem

Pense antes de gerar o lixo

Grande parte do material que jogamos nos lixões das cidades são papéis, plásticos, vidros e metais que podem ser reciclados. Além de colaborar com a limpeza do meio-ambiente, a reciclagem economiza recursos naturais e energia.

PETs e alumínio

Cada lata de alumínio reciclada, por exemplo, economiza energia elétrica suficiente para manter uma lâmpada de 60 watts acesa por quatro horas, segundo dados do Instituto Akatu. E a reciclagem de 100 toneladas de plástico evita o uso de 1 tonelada de petróleo.

Mas apenas a reciclagem não basta

Os três Rs: reduzir, reutilizar e reciclar

Por este motivo, o mais indicado para colaborar com a limpeza e preservação do meio-ambiente é seguir a didática conhecida como 3 Rs: reduzir a quantidade de lixo produzido, reutilizar os produtos e daí reciclar materiais.

Dicas para você aplicar no dia-a-dia

A redução de resíduos começa antes de fazer as compras. A primeira dica é observar quanto lixo um produto produz antes mesmo de levá-lo para casa e, então, escolher aquele que é menos poluente.

É bom evitar os que possuem embalagens descartáveis, como legumes e frutas na bandeja de isopor coberta por plástico PVC, por exemplo. Elas podem até parecer mais modernas e higiênicas, mas gera lixo desnecessário.

Outro exemplo que gera muitos resíduos são os alimentos de fast-food. Após comer o lanche você joga fora a caixinha do sanduíche, da batata, o copo descartável, o canudo e a embalagem de papel do canudo. Sem contar os saches de ketchup e mostarda.

Dê preferência a pratos, xícaras, copos e talheres de materiais duráveis em vez dos descartáveis.

Outra forma de evitar o desperdício é imprimir apenas o que for realmente necessário.
O plástico pode ficar no meio-ambiente por até 500 anos até se decompor. Por isso, no supermercado, as sacolinhas plásticas devem perder espaço para outras não-descartáveis, como as que são usadas em feiras livres.

O óleo que usamos na cozinha também não deve ser despejado na pia ou no ralo. Um litro de óleo pode contaminar cerca de 1 milhão de litros de água. Por este motivo, o ideal é colocar este material numa garrafa plástica antes de jogá-lo no lixo.

É importante lembrar que o óleo ainda é muito utilizado para fabricar sabão e sabonete caseiros. Esse pode ser o destino do seu óleo, caso conheça algum local que realize este trabalho.

Não esqueça da reciclagem

Claro que os materiais que sobram têm que ser reciclado. Separe-os por tipo e procure a coleta seletiva mais próxima da sua casa.

É bom lembrar que o símbolo de reciclagem nas embalagens quer dizer que aquele material tem potencial para ser reciclado e não que ele é mais ecológico do que outro similar. Por isso, fique atento na hora de fazer suas compras.

Colaboração
Suyin Uchoa
Téc. em Meio Ambiente - TRINO 

Notícias

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados - www.grupotrino.com.br

Desenvolvido por midtech