Grupo Trino

Área Restrita »

Notícias « Voltar para a listagem

Cuidar da saúde é uma preocupação do Grupo Trino

Celebrado anualmente em 31 de maio, o Dia Mundial Sem Tabaco foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1987. A data é marcada por uma série de campanhas realizadas com o objetivo de alertar a sociedade sobre os riscos do tabagismo, além de informar o que pode ser feito para se livrar do vício.

De acordo com as estatísticas da OMS, morrem todos os anos, aproximadamente, 5,4 milhões de pessoas por doenças relacionadas com o tabagismo, as mais comuns são o câncer de pulmão e garganta. O consumo de tabaco pode causar, ainda, queda de cabelo, impotência sexual, dentes e unhas amarelados, dificuldades respiratórias, redução da expectativa de vida, entre outros efeitos.

O tabagismo afeta, também, pessoas que não fumam mas que estão em contato constante com fumantes, conhecidos como “fumantes passivo”. O tabagismo passivo pode causar efeitos como irritação nos olhos, manifestações nasais, tosse, cefaléia, aumento de problemas alérgicos, principalmente das vias respiratórias, e aumento dos problemas cardíacos, principalmente elevação da pressão arterial e angina (dor no peito).

Reconhecendo a importância de proteger crianças, adolescentes e jovens das consequências devastadoras do consumo de tabaco, são promovidas diferentes ações de mobilização em escolas, unidades de saúde e ambientes de trabalho para celebrar o Dia Mundial Contra o Tabagismo. No Brasil, o órgão responsável pela realização da campanha contra o tabagismo é o Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (INCA).

Atitudes simbólicas também são adotadas no dia 31 de maio para chamar a atenção sobre os efeitos negativos do tabagismo. Campanhas incentivam fumantes a terem um dia inteiro de abstinência total do tabaco e em alguns países as pessoas colocam flores nos cinzeiros de locais públicos.

Os benefícios do fim do tabagismo são muitos. Ao parar de fumar, o risco de ter doenças vai diminuindo gradativamente e o organismo do fumante vai se restabelecendo.

Confira, abaixo, os efeitos do fim do consumo de tabaco para o fumante:
 

· Após 20 minutos, a pressão sanguínea e pulsação voltam ao normal;

· Após 2 horas, não tem mais nicotina no sangue;

· Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;

· Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar readquire a capacidade de identificar sabores;

· Após 3 semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação melhora;

· Após 5 a 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou.  

Combater o tabagismo é fundamental para garantir uma qualidade de vida para toda a população, por isso, o governo e a sociedade civil se unem na luta contra o fumo. Quanto mais cedo as pessoas pararem de fumar, menores serão os riscos de doenças causadas pelo consumo de tabaco e maior será a qualidade de vida.

Notícias

Copyright 2019 © Todos os direitos reservados - www.grupotrino.com.br

Desenvolvido por midtech